Gestão por indicadores: o diferencial no setor de saúde

Acompanhar de perto informações e estatísticas corretas de uma instituição é crucial para a operação de uma entidade de saúde

Integrar os processos de um hospital exige procedimentos considerados, aparentemente, simples dentro dos níveis de qualidade encontrados na entidade. Quando o assunto se trata da vida dos pacientes e os meios de permanência dos colabores, é importante que a organização de saúde faça tudo de maneira concisa e sem margens para erros.

Ao imaginar um ambiente hospitalar, é importante ressaltar a variedade de serviços e principalmente de fluxo que que se encaixa dentro do perfil do local, fazendo com que haja ainda mais necessidade de uma gestão bem definida. Logo, a maneira correta que o serviço será prestado demonstrará a excelência que a instituição de saúde pode oferecer ao mercado.

Na busca pela excelência, o hospital procura atingir a eficiência de toda sua operação, incluindo a maneira de trabalho baseada nas normas regulamentadoras, surgindo a gestão por indicadores. Dessa forma, cabe ao contratado analisar todas as informações e definir os indicadores mais adequados para o seu negócio.

Essa ferramenta aponta as necessidades de mudanças refletindo uma situação real. Por meio delas é realizado o controle dos serviços prestados, além da avaliação do que a entidade oferece ao seu cliente.

Gerenciar uma operação por meio de indicadores proporciona, ao hospital e ao prestador de serviços o monitoramento e avaliação dos processos que são executados. Na APOIO procuramos medir a eficiência e qualidade dos processos, para que seja mais fácil corrigir possíveis falha e até mapear de maneira mais precisa os processos e evoluí-los.

Todos os dados recolhidos nas diversas áreas do hospital, viram informações eficientes para assistência prestada. Juntos, apontam para a quantidade e tipo de recursos envolvidos na operação, trazendo um controle assertivo de custos na execução dos serviços.

Rafael Rebelato